sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

E lá ficou ela, a mãe

Estevão - Olha mãe, agora que vou partir tens aqui o Alberto, passa ele a ser teu filho está bem?

Mãe - Sim meu filho, como queiras...

Estevão - Alberto, agora a minha mãe passa a ser tua mãe!

Alberto - Sim Estevão, se é essa a tua vontade, assim será...

Estevão - Portanto agora vais levá-la para tua casa e guarda-la bem guardada está bem?

Alberto - Claro, claro Estevão... Tenho uma prateleira boa para isso...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

... ... ... ... ...

Sonhar contigo é a melhor coisa do Mundo...
É algo que me agrada...
Sinto-me feliz...
Estou contigo quando é impossivel...
Faz-me bem...
Sou completa...
Mas quando acordo...
Tudo muda...
A dor vem...
A tristeza apodera-se de mim...
Perco vontade de tudo...
O meu "eu" enche-se de vazio...

Há dias assim...

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Hoje é especial mas não por ser carnaval...

É especial para ti amigo...
Tu sabes o porquê...
Melhor que ninguém...
Estás feliz?
Eu estou por ti...
Deixo um abraço (no ar)...
Porque sei que o vais agarrar (quando vires)...
E um Grande "Kiss kiss" (para ti)...
Venham mais dias assim...

(E) Porque sei que gostas desta música pus para curtires o momento...
(E) Porque também apareces no slide...



Faltam apenas 6 dias para ficar a saber o porquê desse teu fascínio... Não me esq
ueci da data da revelação...

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Foi mais ou menos assim...

Carnaval de 1995!!!!!

weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeehhhhhhhhhhhhhhhhhh....
(simulação de euforia... No fundo foi tremendo pânico...)
(Caso o tenham reparado isto é um rebuçado...)

Foi a experiência mais emocionante que tive nesta época tão animada como deveria ser...

Ou não!!!!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Lá lá lá lá!!! Não vos estou a ouvir!!!!!

Escarlate e Mr Burns
Esta é para vocês

Se conseguirem ver e ouvir até ao fim são os máiores... Acreditem...




E agora???
Ainda dizem o mesmo da minha musica???



Muito mau mesmo....

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Tormentos...

- Às vezes olho o céu e ponho-me a pensar...

- Tu pensas?

- Vais sozinha ou queres que te mande?

- Vou contigo, posso?

- Eu não vou a lado nenhum!!

- Então eu também não!!

- Irra!! Tu quando queres consegues ser mesmo chata!! Dass!!!

- Olha quem!

- Importas-te?

- De quê?

- Deixar-me em paz, boa!?!

- Mas queres?

- Yah!!

- Ok... Mas depois falas com quem?

- Sozinha!!!

- Humm... Tá bem então... Fui!!!

- Xau!

(...)

- Olha foi-se mesmo embora!! Eh eh! Até que enfim!!! Finalmente só, sem aquela chata que nem sei quem é... Intrometida!!!

- Eu ouvi isso!!!!

- Eu não acredito!!! Voltaste? Que chata!!!

- Não!! Eu não fui a lado nenhum... Eu estou sempre aqui... Quer queiras quer não... E nada podes fazer contra isso... É a vida... Cada pessoa tem o seu tormento, e eu, sou o teu...

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Morte às estações televisivas portuguesas!!!!

BAH!!!!!!!

É inadmissível que no dia-a-dia não seja possível ver-se nada de jeito na porra de um canal português!!! (excepto às 2ª porque tiveram a decência de voltar a passar House)

Só novelas e mais novelas e quando não são novelas, são novelas!!!!
Chiça!!!!
É disto que a adolescência vai ter que gramar???

Onde é que estão os programas para as crianças?
Rua Césamo (antiga) e Tom Sawyer ou até mesmo o Batatinha e Companhia com a Mimi "apitáki"???

E agora, já nem à noite dá o Tom & Jerry na RTP2!!!!

Acham normal???
Acham????

PIOR!!!!! Esta minha revolta vem pela derradeira quebra de esperança que restava em mim em como hoje iria dar um file decente na TV porque para além de ser
SEXTA-FEIRA é SEXTA-FEIRA 13 e costumavam dar uns filmes porreiros!!! MAS NÃO!!!! BOM BOM É PASSAR UMA GAJA COM VOZ IRRITANTE QUE SE FAZ PASSEAR DURANTE HORAS POR UM ESTÚDIO A ATENDER CHAMADAS!!!!



Isto passa....
P.S.: Dispensam-se comentários escusados do tipo "ah e tal têm voz irritante mas são boas!!!" ou "tv cabo ou outro tipo de merdas!!!", porque para ver filmes repetidos ponho as cassetes de video da walt disney!!!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Saudades de ti...

Foi difícil o primeiro encontro (na verdade o segundo, o oficial...)
Tudo passou entretanto...
A simpatia cresceu, o convívio ajudou..
Surgiu amizade, depois, como irmãs vivemos...
Chorámos juntas quando nos chateámos (as primeiras vezes..)
Caíste quando o teu mundo se desmoronou, eu tentei ajudar-te, agarrei-te, mas pouco consegui fazer... Bebedeira juntas, jogos de máquinas e rios de lágrimas no final da noite... Pouco podia fazer a não ser ouvir-te e chorar contigo...
Tudo voltou...
Felizes outra vez...
Os dias de tempestade chegaram, fomos levadas para o meio dela... Chorei, sofri, não te reconhecia...
Tudo passou... Abrimos os olhos e voltámos a sorrir mutuamente...
Hoje digo tal como no auge dos bons tempos, és minha irmã...

AMO-TE... (Gosto de ti como és... Estou bem por saber que estás bem...)

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Remoinho de palavras escritas e prazeres...


As palavras libertam-se em actos de escrita revoltantes e sinceros...
Conversas sem som espalham-se em páginas de diálogos...
O sentido, só quem sente o percebe. A transmissão é feita, é simples...
A liberdade vai-se sentindo por cada palavra escrita, os momentos são únicos e incompreendidos (que importa?), sabem bem...
Prazer eterno de uma paz que percorre o corpo e a mente, a respiração acalma e o nó na garganta é libertado... O peso desaparece tal como a dor e o orgulho surge por saber cuidar de mim, saber o melhor a fazer em momentos apertados...


Quando a revolta é muita e não posso gritar, escrevo...


Para gravar e relembrar para sempre, poder dizer o que sinto e expressar a minha alegria e (talvez) felicidade (às vezes), escrevo...


Estou bem porque escrevo, fico bem porque escrevo, sou feliz porque escrevo...


Memórias escritas para um dia, se me esquecer (ou não me lembrar) poder reviver e recordar...
E talvez, rir e chorar...

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Na escuridão de um pensamento...

Tas aí? (sempre para ti...)

Na distancia de tudo e de todos (estás), na paz de quem não vive, marcado por um sorriso de quem gosta (ama-te) relembrando-te em breves memórias...

Viagem curta muito longa, a tua (onde foste?), sozinho...

Sentido desmoronado de quem quer ver, sentir e cheirar (teu hálito, de tão perto estares)...

Respostas às questões escritas a branco apagadas pelo vento (levadas contigo)...

Eu estou aqui (sozinha), tu... Onde estás? (mostra-me)

Tas aí? (sempre para ti...)


Porque eu sei que sim....

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Não sei porquê... Mas é assim...


- Eh eh eh...

(risos)

- Eh eh eh eh eh...

(mais risos)

Tu olhas para mim e eu rio-me...

-
Eh eh eh...

Eu olho para ti e rio-me...

-
Eh eh eh eh eh...

- De que te ris???

- Não sei... Mas fazes-me rir...


E a seguir rimos os dois...

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Desordem...


Quando tudo começa no fim;
Quando tudo desaparece aparecendo;
Quando o finito é infinito;
Quando o avesso é o direito;
Quando apetece mas não se quer;
Quando se dorme acordado;
Quando se fala calado;
Quando se toca e não se sente;
Quando a chuva é seca;
Quando o frio é quente;
Quando caminhamos parados;
Quando a luz é escura;
Quando a escuridão é clara;
Quando se olha e não se vê;
Quando dormente se sente;
Quando se ama mas odeia-se;
Quando se é triste mas feliz;
Quando perder é vencer;
Quando a mentira é verdade;
Quando a vida é a morte;


Quando se concorda... Mas se nega tudo...

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Mais forte que eu...


- Vou dormir com o homem dos meus sonhos...

- Tens namorado????

- Não!!!

- Humm... Amigo?

- Não!

- Conheces?

- Nem o nome sei...

- E vais dormir com ele???

- Yah!!!

- Sério???

- Qual é o mal?

- Nada! Nada!

- Achas mal?

- Queres que te responda?

- Se te perguntei...

- Tu é que sabes... Eu não o fazia...

- Mas é mais forte que eu e não consigo controlar...

- Por favor!!! Basta não ires ter com ele...


- Mas não vou... Ele é que aparece...

- Não abras a porta!!!


- Não há portas!!!

- Como assim? Vais dormir onde?

- Em casa! Onde havia de ser?

- Então como não tem portas?

- Tu és meio lenta não és?

- Eu? Ainda por cima!

- Yah!

- E tu és o quê? Aí a dormir com um qualquer?


- Não é um qualquer! É o homem dos meus sonhos!!

- Nem o conheces!!!!


- Pois não!!! E é um bocado dificil isso acontecer!!!

- Tas a gozar comigo??

- Não! Tu é que tas parva!

- Eu? Tem mas é juizo e manda o gajo embora...


- Ele não vai!!

- Chama a policia!!!

- pfffffff... Não podem fazer nada!!!

- Aih podem sim!!!

- Não, não podem... Ele não existe!!!

- Como não existe?

- Não existe, por isso mesmo sonho....

Desejos...


- Tenho um desejo

(concretiza-o....)

- Pois... Como?

(arranja maneira...)

- Mas como?

(não sei... tu consegues...)

- É fàcil falar...

(e pensar também... portanto desemerda-te!)

- Ajuda-me!

(mais?)

- O porra! Grande ajuda!! Yah obrigada!!

(de nada, deixa-te de merdas e realiza-o!)

- Tem calma está em processo...

(fixe... menos mal!)

- Isto é um bocado parvo não é?

(é, mas caga!)

- Pois... Foi o que eu disse!

(faz e cala-te!)

- Tou a fazer!

(axo bem!!)

- Tá quase!

(custou muito?)

- Não!

(então pronto!)

-Mas foi estúpido!

(e então? não tas melhor?)

- Muito melhor!

(o que interessa é tares bem!)

- Yah! Muito mais aliviada!!!

(óptimo!)

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Dança com Ele


Aqui eu estou, abandonado e deixado para os mortos.
Fecha teus olhos, muitos dias se vão.
É fácil encontrar o que é errado,
Mais difícil encontrar o que é certo.

Eu acredito em ti, eu posso-te mostrar
Que eu posso ver através de todas as tuas mentiras vazias.

Eu não ficarei por muito tempo, neste mundo tão errado.

Diz adeus, enquanto nós dançarmos com o diabo esta noite.
Não ouses olha-lo no olho, enquanto nós dançarmos com o diabo esta noite.

Tremendo, rastejando através da minha pele.
Sentindo os seus olhos frios e mortos, roubando a vida dos meus.

Eu acredito em ti, eu posso-te mostrar
Que eu posso ver através de todas as tuas mentiras vazias.

Eu não durarei por muito tempo, neste mundo tão errado.

Diz adeus, enquanto nós dançarmos com o diabo esta noite.
Não ouses olha-lo no olho, enquanto nós dançarmos com o diabo esta noite.

Espera, espera.

Diz adeus, enquanto nós dançarmos com o diabo esta noite.
Não ouses olha-lo no olho, enquanto nós dançarmos com o diabo esta noite.

Espera, espera...


Adeus


Afinal não é assim tão mau... É como queremos que seja...
Percebem a beleza do obscuro?


Fonte: Breaking Benjamin - Dance With The Devil (tradução)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Contentações da vida...

"Prefiro passar o resto da vida ao pé dos pàssaros do que passar uma vida a tentar ter asas..."


domingo, 1 de fevereiro de 2009

Pensamento do dia....


"A única pessoa que fica conosco toda a vida somos nós próprios..."