quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Momentos da vida


Já cometeste algum erro?

Toda a gente comete...

Eu cometo erros...

Eu prefiro admiti-los por muito que custe e se prejudicar alguém, espero pelo perdão com esperança...

Até lá resta-me apenas o vazio que fica cá dentro e a dor de olhar em volta e quase não ter forças para viver...

És feliz?

"Pergunta a ti mesmo se és feliz e nesse instante, deixas de o ser..."

Uma questão que faço a mim mesma muitas vezes...

A felicidade é algo tão relativo que nem toda a gente se apercebe que é apenas momentânea, consoante o que se vive e o que acontece num determinado espaço de tempo...

Isto porquê?

Porque a mente humana é traiçoeira até para com o próprio ser, acontece muitas vezes quando sentimos que estamos no auge, no pico mesmo da felicidade, lembrarmo-nos de momentos passados que também foram bons mas que nos trazem uma enorme dor... Ou porque sentimos saudades desses tempos, ou porque já não estamos com aquela pessoa à muito tempo, ou porque já não nos falamos, ou até mesmo porque essa pessoa já partiu e já não está entre nós... Muitas são as razões...

Num àpice a nossa felicidade esvaisse, o sorrizo mantém-se para quem nos rodeia, mas uma mágoa enorme apodera-se de nós, da nossa alma, arranca-nos todo o bem-estar que estavamos a sentir...

Ninguém nota... Excepto aquela pessoa que nos conhece, aquela amiga/o que por muito que queiramos não conseguimos enganar...

É aí que a/o olhamos fixamente, após nos questionar, "que se passa?", e passamos a ter noção de que algo está errado, nem mesmo nós próprios conseguimos perceber o que se está a passar, mas sem querer admitir, respondemos com o maior sorriso do mundo, "nada!", esperando que cole enquano o vazio se vai espalhando pelo corpo...

Então mentalizamo-nos que não é hora nem momento e recuperamos a nossa alegria aos poucos... Sim, alegria apenas, a felicidade já é algo praticamente inantigível, mas acontece por vezes voltarmos a sentir felicidade...

Como combates os maus momentos?

Não sabes? Eu digo-te como...

"A raça humana tem apenas uma arma eficaz: O riso". É o que de melhor temos e o que resulta, só porque rir faz bem, é sinónimo de alegria, de felicidade, é algo que quando acontece é positivo... Já repararam que quando nos rimos não pensamos em mais nada a não ser naquilo de que nos tamos a rir? Como a nossa mente é frágil naquele momento? Como o nosso corpo perde as forças? Como as nossas bochechas e barriga ficam a doer?

Hà pessoas que se riem por tudo e por nada, há outras que se esforçam, só para parecer bem...

Dá vontade de rir não dá?

Mas riam-se, riam-se sempre que tiverem vontade... Para quê esconder aquilo que são?

"Nada mostra mais o carácter de um homem do que as coisas de que se ri..."

E olhem que não é mentira nenhuma... Basta pensarem um pouco e verificar que é verdade... (Agora partam-se a rir não se esqueçam)

A vida é dura e crua, sempre ouvi dizer...

Acham que sim? Digam-me sinceramente, acredito que o achem, mas não é sempre... Há que ver, que, tal como a felicidae, a tristeza também não é algo constante... Depende dos momentos...

"Este Mundo é uma comédia para os que pensam e uma tragédia para os que sentem..."

Deixa que pensar esta frase... E não é absurda se alguém o acha... Eu olhei para ela e pensei, "é mesmo isto! O ideal é mesmo a junção dos dois... Pensar e sentir, rir e chorar..." Felicidade e Tristeza unidas, só assim vamos conseguir saborear os bons momentos e aproveitar ao máximo, mas só e apenas porque sabemos o que é mau, são dois sentimentos/estados de espírito que se complementam e completam...

Quando estiverem menos bem riam, façam ou digam a coisa mais absurda que vos vier à cabeça, mas riam, porque rir faz bem...

5 comentários:

o das caldas disse...

Obrigada pela tua visita.
Há muito que não passava por aqui -peço desculpa.
2 beijinhos

anneke disse...

Não sabia k tinhas um blog... ;)

Tá mt fx!!!

Continua...

Bjinhux

NunoSioux disse...

O k? Tanta pergunta moça?!?!?!?!?!

A pois... é que?

Rir é o melhor!!!

E não nunca cometi nenhum erro!!!!!

he he he he he he he he he he

Kiss

escarlate.due disse...

concordo que ambas fazem falta, é a lei do oposto para valorizar cada parte.
a vida é dura? não! é simples. nós é que temos uma aptidão nata para complicar tudo, senão já tinhamos percebido que só o facto de acordarmos todos os dias já é muito mais que suficiente para se sentir feliz.
erros?? hum... ham... erros... nãããããã!!! estou como o Nuno: eu cá nunca erro!!!! (cof cof)
nota: sou tão mentirosa como ele!!)
beijinhos Jota

Jota disse...

Xiihh!!!
Oh escarlate...
Nunca imaginei que tivesses uma costela de mentirosa... (todos temos...)

looooooool

Kiss kiss